03/04/2017 – Representantes de Classe 2017

Representantes de Classe do Ensino Fundamental
Durante o mês de março, campanha e eleição para representantes estimulam o debate e a reflexão sobre democracia e cidadania

Por: Tatiana Maria de Paula Silva | 31 de março de 2017.

Todos os anos, no mês de março, os alunos do Colégio Miguel de Cervantes, a partir do 2º ano do ensino fundamental, iniciam o processo de eleição para representantes de classe. As atividades começam nas aulas de tutoria e promovem a compreensão de conceitos ligados à cidadania, ao voto consciente, à democracia e à participação e organização política.

Tendo como referencial a escola, a eleição aproxima os alunos do exercício da democracia. Nos anos iniciais, eles se apropriam da função do voto, do título de eleitor e do uso da urna eletrônica.

Já durante a elaboração da campanha, os alunos se apropriam do papel do representante, deliberam sobre os projetos apresentados pelos candidatos, os direitos e obrigações da função e a importância dos compromissos assumidos nas campanhas eleitorais. Além disso, os alunos entram em contato com reflexões sobre ética e justiça social, compreendendo a contribuição dessas premissas na formação de uma sociedade pacífica.

O trabalho realizado pela equipe pedagógica vai se aprofundando de acordo com a faixa etária, e o processo de eleição para representantes, do fundamental II até o ensino médio, por todo o trabalho que já foi desenvolvido, se incorpora de forma natural na vivência do aluno. A participação dos alunos é sempre estimulada e tem como objetivo a criação de uma consciência coletiva, autônoma e emancipadora.

As Eleições
De 27 a 30 de março, alunos do 2º ao 5º ano escolheram seus representantes

No dia 30, as últimas salas finalizaram as votações. O processo de votação foi realizado com o programa ApertaQuem, um software livre, utilizado para essa finalidade desde 2013, que proporciona a visualização muito semelhante a de uma urna eletrônica de verdade.


Fotos: Silvio Luiz Canella / Montagem: Fabio Corrêa Altafim e Daniele Bezerra de Sousa Costa

Durante a votação, os alunos digitam o número do candidato, e na tela aparecem a foto e o nome para, só depois, o eleitor confirmar seu voto. O processo é bem rápido, e o programa permite que o resultado das eleições saia na hora, pois a apuração dos votos é realizada automaticamente.

A experiência de votar eletronicamente representa para os alunos o ato de cidadania e a seriedade de todo trabalho desenvolvido durante as eleições.

A Posse
No dia 31 de março, alunos assinam o documento de posse

No dia 31 de março, no auditório do Colégio, os eleitos a representante de sala do ensino fundamental I assinaram o termo de posse. Participaram da solenidade a diretora pedagógica, Amélia do Rosário M. F. Salazar, o chefe de estudos, César Bardillo, as orientadoras do ensino fundamental I, Maria Cecília S. Grecco de Marcilio e Denise Maria Milan Tonello, e as professoras Cláudia Lemos da Silva, Flávia Daniela Trzoscki, Keyse Ramos Honorato e Rivailda Araujo Santos.

A diretora Amélia parabenizou os alunos e falou das habilidades e competências dos representantes de classe e da importância de serem porta-vozes do grupo. O chefe de estudos do Ensino Fundamental I, Cesar Bardillo, também parabenizou os eleitos e chamou atenção para o dever do cumprimento das propostas e do diálogo franco e conciliador entre representantes e colegas.


Fotos: Daniele Bezerra de Sousa Costa  / Montagem: Fabio Corrêa Altafim e Daniele Bezerra de Sousa Costa