Imersão tecnológica 8º ano – Primeiros Passos

Imersão tecnológica 8º ano
Primeiros passos

Fernanda Rodrigues Baruel e Claudia Bruno Galvan | 28 de fevereiro de 2014

O programa de imersão digital, iniciado este ano com os alunos do 8º ano do Ensino Fundamental, vem trazendo muita animação entre os estudantes e um equivalente entusiasmo entre seus professores. Na busca de uma educação de excelência e, ao mesmo tempo, atenta às exigências de uma sociedade em processo de rápida e constante transformação, a equipe docente do Colégio Miguel de Cervantes foca sua atenção agora no desenvolvimento de cidadãos críticos, autônomos, criativos e que sejam capazes de trabalhar de forma colaborativa. Para isso, é necessário adquirir diversas competências e habilidades, entre elas as competências digitais.

Etapas do programa de imersão tecnológica
A Equipe de Tecnologia Educacional do colégio tem acompanhado a implantação do projeto e observado diversos aspectos relacionados ao uso constante dos computadores. Assim, realizou um estudo do tempo de duração das baterias para que os alunos possam, em um futuro próximo, deixar seus livros físicos em casa e transportarem apenas o equipamento, além de terem mais oportunidades de uso diversificado do computador nas aulas.

Nas primeiras semanas de fevereiro, a equipe de professores e a de TI, em parceria com os profissionais de tecnologia educacional, auxiliaram os alunos a configurarem seus computadores, a fazerem download dos aplicativos necessários às aulas e a solucionarem dificuldades que apareceram no processo.

Durante as aulas de tutoria, os alunos participaram ativamente da elaboração das normas de uso dos computadores em classe. De forma responsável e madura, os estudantes de 8º ano propuseram soluções para algumas questões, como: empréstimo dos equipamentos entre os alunos, uso pedagógico em aula, responsabilidade da guarda e segurança, entre outras.

Estudo
Além disso, ao longo do ano, será feito um acompanhamento e estudo dos aspectos psicomotores, como dissociação digital no uso do teclado, tensão residual e atenção tônica no uso contínuo dos computadores e seu impacto no desenvolvimento grafomotor. Com isso, teremos a oportunidade de fazermos ajustes, se necessários, nas próximas fases do projeto.


Fotos: Comunicação