DEPARTAMENTO DE ESTUDOS SOCIAIS

HISTÓRIA, GEOGRAFIA, FILOSOFIA

O Departamento de Estudos Sociais estrutura sua programação com base nos objetivos gerais da educação estabelecidos pelo Colégio Miguel de Cervantes, na Lei de Diretrizes e Bases, nos Parâmetros Curriculares Nacionais, bem como nos objetivos assinalados pelo Ministério de Educação e Cultura Espanhol. Assim, visa à formação para a cidadania, a democracia e a autonomia intelectual.

Dentro da especificidade do objeto de estudo das Ciências Humanas – o homem em suas múltiplas relações (consigo mesmo, com a sociedade e com a natureza) – as disciplinas com as quais trabalhamos sempre suscitam, além da necessidade de informar e explicar, a possibilidade de fornecer referências, confrontar pontos de vista, debater e refletir criticamente.

Em Geografia e História, partindo dos temas tradicionalmente abordados nos livros didáticos (convencionalmente divididos em História Geral, da América e do Brasil), pretendemos propiciar às nossos alunos e alunas tanto o acesso aos conteúdos sob o domínio da cultura erudita, quanto a apropriação das ferramentas cognitivas (habilidades e competências) que lhes permitam desenvolver a consciência crítica.

A Filosofia, por sua vez, objetiva fornecer, no Ensino Médio, a possibilidade de percepção do universo cultural, integrando-se às demais disciplinas e procurando superar a visão fragmentada do saber. São áreas da Filosofia, por excelência, a discussão de temas éticos, políticos e o desenvolvimento do pensar crítico.

Consideramos que uma pessoa que tenha se apropriado do saber historicamente produzido, habituada ao rigor da análise, com habilidades de reflexão e crítica desenvolvidas, com compreensão dos fenômenos sociais, que desenvolveu o gosto pela cultura – em todas as suas dimensões – estará mais apta para adotar perspectivas relativizantes, para tomar atitudes de tolerância, respeito e solidariedade, para traduzir o seu conhecimento em respostas mais adequadas aos problemas contemporâneos, para enfrentar as novas situações decorrentes do processo constante de reconstrução social. Enfim, auxiliando a escola a atingir os objetivos gerais da educação, acima citados, pretendemos que nossos alunos e alunas estejam preparados para a construção de uma sociedade em que a cidadania possa ser plenamente exercida.

Atividades
O Departamento de Estudos Sociais participa ativamente das atividades interdisciplinares propostas, como a Feira do Livro, a Festa da Hispanidad (Ensino Fundamental), o Congresso da Hispanidad (Ensino Médio) e os projetos de estudos do meio.

Junto com os departamentos de Educação Física e de Ciências da Natureza, o departamento de Estudos Sociais participa do projeto de “Educação para a Saúde”, que contribui para a construção do conhecimento e reflexão crítica de temas como corpo, saúde, alimentação, sexualidade, gênero, prevenção das DST/AIDS, prevenção ao uso indevido de drogas etc. Oferece, ainda, projetos para o Ensino Médio com o objetivo de desenvolver a consciência cidadã de maneira mais participativa, como o projeto “Bicicleta e Mobilidade Urbana”.

Estudos do Meio
Os estudos do meio são fundamentais para o aprofundamento e para a produção de conhecimento. Com a observação e análise da realidade, tem-se a possibilidade de percebê-la de modo integrado, convidando à busca da interdisciplinaridade como forma de compreender que a realidade é una e complexa e, portanto, não pode ser analisada a partir de uma única área de conhecimento.

De acordo com o conteúdo programático de cada disciplina e série, são propostas visitas e excursões com os seguintes objetivos:
Identificar o lugar como espaço vivido e produto das ações humanas em interação com o ambiente;
Reconhecer aspectos das diferentes espacialidades e temporalidades em seu cotidiano;
Conhecer a organização do espaço a partir das interações entre a sociedade e os processos da natureza em suas múltiplas relações, de modo a compreender o papel das sociedades na construção e produção da paisagem;
Valorizar o patrimônio sociocultural e respeitar a diversidade, conhecendo-a como direito dos povos e indivíduos e como elementos do fortalecimento da democracia.

(Para obter mais informações, visite a página do Departamento de Atividades Complementares e Extracurriculares)