Institucional

Congresso Escolas pelo Clima

Projeto desenvolvido no 4º ano do Ensino Fundamental foi selecionado para apresentação no Congresso

Por: Tatiana Maria de Paula Silva | 8 de dezembro de 2021.

O projeto “Como ayudar a nuestro planeta”, sobre energia limpa, idealizado e orientado pela professora Lucinda Gisondi Cavalheiro, foi selecionado para apresentação no Congresso Escolas pelo Clima, que aconteceu no dia 7 de dezembro. 

O evento reuniu mais de 45 projetos sobre Educação Climática realizados por escolas do Movimento Escolas pelo Clima, a maior rede de escolas, formada por 252 escolas signatárias, comprometidas com a pauta climática do Brasil. O Colégio Miguel de Cervantes integra a rede desde o primeiro semestre deste ano.

O Congresso tem como objetivo promover o compartilhamento de ações e a troca de experiências entre educadores, visando a inspirar cada vez mais iniciativas.

Durante o encontro, a professora Lucinda explicou o projeto, o qual integrou leitura de imagem, dramatização, elaboração e discussão de tópicos e produção manual. Todas as aulas foram realizadas durante o período de ensino remoto, na plataforma educacional Moodle.

Partindo da unidade didática sobre o tema energia, a professora mediou discussões sobre o conceito e sua aplicação em diferentes contextos. O objetivo principal era que os alunos pudessem identificar os tipos de energia – limpa, suja e renovável – e relacioná-los aos impactos que geram no ambiente.

Além disso, as atividades provocaram nos alunos reflexões sobre o uso doméstico de equipamentos manuais e elétricos, estimulando a pesquisa sobre energia eólica e outros tipos de energia limpa e a reprodução, com materiais diversos, de seus próprios cata-ventos.

Na sequência, os alunos compararam a geração de energia eólica com a hidroelétrica, discutindo os pontos positivos e negativos de cada uma. Ao final, os alunos foram convidados a refletir sobre a questão da energia e apresentar sugestões de ações que pudessem colaborar com o planeta.

Para a professora Lucinda, tanto a forma como a metodologia do projeto contribuíram para que os alunos encarassem e aproximassem a questão climática de seu cotidiano, percebendo a importância do papel individual na preservação do planeta.