Cervantes Solidário

Quem somos:

Alexandra Onias
Educadora, graduada em Magistério com especialização na Educação Infantil, licenciada em Pedagogia pela Universidade São Marcos. Concluiu o curso de extensão universitária Pedagogia por Projetos de Trabalho no Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.
Atriz, realizou o curso de formação de ator no Centro Cultural Saavedra, Buenos Aires, e no Teatro Pirandello, em São Paulo. Contadora de histórias e cocriadora da Cia. Leque de Histórias.
Trabalhou como professora na Educação Infantil e Ensino Fundamental I, em escolas da rede privada de ensino, e também ministrou aulas de Espanhol na Instituição Senac.
Atuante no grupo Musicantes durante dez anos, com a coordenação do musicólogo Carlos Kater. Elaborou e atuou em apresentações sobre a cultura popular brasileira em escolas, hospitais, instituições, SESCs, parques, praças públicas, brinquedotecas e bibliotecas municipais.
Atualmente trabalha como professora de reforço escolar (Oficina de linguagem) e arte-educadora no Projeto Social Cervantes Solidário, do Colégio Miguel de Cervantes.

Henrique de Paula Oliveira Silva
Foi aluno do Cervantes Solidário quando estudava na EMEF Alípio Correa Neto. Foi Jovem Aprendiz no Cervantes. Trabalhou como assistente do professor Jonatas e hoje compõe o time de professores do projeto.
Possui licenciatura e bacharelado em Educação Física e pós-graduação em Psicomotricidade. Fez cursos de capacitação em Minibasquete, na Meder Rosário; de Treinador de basquete feminino, na FIBA/CBB; de Esporte, competição e desenvolvimento humano, no CEPEUSP; de Atletismo, na escola da Confederação Brasileira de Atletismo, e de Esporte Educacional, no Instituto Esporte e Educação.
Trabalhou ainda como voluntário no programa Jogadeira, ação idealizada pelo Instituto Esporte e Educação em parceria com a Nescau (Nestle), e atuou no evento nacional ESPORTE NA RUA, organizado pela REMS (Rede Esporte pela Mudança Social), parceira da Nike e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Jonatas Cerqueira
Possui bacharelado e licenciatura em Educação Física e graduação em Pedagogia. Fez especialização em Pedagogia do Esporte Educacional e também em Psicomotricidade. Atualmente é pós-graduando em Administração e Gestão em Projetos Sociais.
Professor capacitado pelo Programa NBA Basketball School e participante do NBA Coaching Clinic.
Realizou a capacitação da Confederação Brasileira de Tênis no módulo escolar, fez o curso
Runner School, Psicomotricidade e Desenvolvimento Humano e ainda a formação Educação a distância 4.0 e princípios pedagógicos.
Foi palestrante da 4° Maratona de Sistematização de Práticas em Esporte e Desenvolvimento Humano, realizada no CEPEUSP.
É apaixonado por esportes e música e gosta de tocar contrabaixo.

Laureana de La Iglesia
Laureana de La Iglesia é dançarina e professora de dança espanhola,  é professora de Educação Física, com bacharelado e licenciatura pela Unisa, e professora de Dança Espanhola. Possui especialização em Metodologia Científica do Desempenho Humano no campo da Educação Física e dos esportes.
Fez diversos cursos e formações, dentre as quais se destacam: cursos de psicomotricidade na Faculdade de Física y Deportes y Recreación de la Universidad del Chile; cursos de expressão, comunicação e psicomotricidade en la escuela de expresión, psicomotricidad del Ayuntamiento de Barcelona; curso de arte e movimento e expressão “O corpo no espaço – a dimensão afetivo relacional no trabalho educativo’; cursos de flamenco no Instituto Amor de Dios Madrid, além de cursos de dança jazz, ginástica rítmica e aeróbica.

Participou como bailarina do grupo Puerta del Sol, de folclore espanhol, durante 20 anos. É professora de dança espanhola do Colégio Miguel de Cervantes há mais de 40 anos, onde foi criadora do grupo Sueños, de dança espanhola. É professora e diretora do grupo de Danzas de las Islas Canarias do centro Canários do Brasil.

Laureana dá aulas de dança espanhola no projeto Social Cervantes Solidário há alguns anos.
Fez muitos cursos durante a vida acadêmica e como professora. A paixão pelo seu ofício foi despertada pelas vivências ainda como estudante de Educação Física, nos estágios, trabalhos, na Legião Brasileira de Assistência e no projeto Rondon, onde teve a oportunidade  de trabalhar e conviver com crianças especiais, indígenas, jovens e senhoras que de material não tinham nada, mas lhe deram o amor de que ela necessitava para seguir acreditando que, por meio do movimento, da dança, da música, do esporte, do carinho e do cuidado,  poderia contribuir para melhorar a vida das pessoas.

Alexandra Sin
Alexandra Sin Maciel tem mestrado (stricto-sensu) em Ensino de Espanhol como Língua Estrangeira pela Faculdade de Educação da USP. Realizou especialização em Inovação em Tecnologia Educativa pela Universidade Anhembi-Morumbi (2015). Foi membro do Grupo de Pesquisa sobre o Ensino de Espanhol pela CNPq e colaborou na realização dos vídeos instrucionais para a Universidade de Mato Grosso do Sul (UFMS). Atualmente cursa o doutorado em Línguas e suas Culturas na Universidad de Jaén, Espanha. Apresentou em diferentes congressos – em São Paulo, México e Espanha – sobre as metodologias de ensino de línguas e o uso de diferentes ferramentas e recursos digitais para as aulas e projetos on-line e a distância. Desde 2007, é professora de língua espanhola para diferentes níveis e cursos no Colégio Internacional Miguel de Cervantes, em São Paulo.

Dê Portela
Dê Portela é músico multi-instrumentista autodidata, especializado em pífanos e percussão.  Trabalha na área da musicalização infantil há 19 anos. No projeto Cervantes Solidário atua, desde 2010, em parcerias com hospitais infantis, escolas públicas e CCAS.
A longa experiência na área do ensino de música fez com que se especializasse na difusão da música e da cultura popular brasileira na educação de crianças e adolescentes. No CCA São Mateus, criou grupo de percussão inspirado na influência do Samba de Coco, do Maracatu e de outros ritmos tradicionais brasileiros. Em seus cursos e oficinas, também ensina como construir instrumentos musicais. No Lar Jesus Maria e José, além da musicalização para as crianças menores, se dedica ao ensino de violão e de flauta. Na educação infantil e na Casa da Paz, se dedica a introduzir os alunos e educadores ao universo musical.
Ao longo dos anos, se especializou também em atender o público infantil dentro do Hospital Darcy Vargas, onde pôde observar como a música contribui para o processo de recuperação dos pacientes e acolhimento dos familiares e funcionários.
Portela atua também como produtor e diretor artístico, desenvolve trilhas sonoras para danças, curtas-metragens e áudio books. Tem preferência pela musicalização de contações de história da literatura brasileira e seus folclores. Participou do projeto Ateliê Livre, da Lei Aldir Blanc, com a performance Paisagem Sonora.
Seu prazer está em manter a busca ativa por novas possibilidades e sonoridades, pesquisando esses elementos em acervos musicais de povos e culturas que influenciam o patrimônio musical brasileiro.