Suspeita COVID-19 na entrada – transporte escolar

O fluxo de entrada e de suspeita de COVID-19 começa em casa, com o envio da checklist. A responsabilidade individual pela informação enviada é uma medida importante para o retorno seguro e deve ser realizada todos os dias.

Informações para os alunos que usam transporte escolar:
Com o objetivo de garantir as medidas protetivas para a redução do risco de contágio e da infecção, os prestadores
do serviço de ônibus e vans do Colégio Miguel de Cervantes receberão o treinamento e seguirão os protocolos
de segurança e higienização.

Os profissionais responsáveis pelo transporte orientarão os alunos sobre as novas rotinas. Tendo em vista a necessidade de distanciamento social, em todos os momentos, fez-se necessária uma revisão do número de passageiros por veículo para que se obedeça ao distanciamento de 1,5m entre cada um.

A sinalização para a manutenção do distanciamento seguro deverá ser respeitada por todos os usuários.

É obrigatório que os passageiros, monitores e condutor utilizem a máscara facial durante todo o trajeto e permanência nos veículos.

Durante o trajeto, ida e volta ao Colégio, independentemente da temperatura externa, as janelas permanecerão
abertas.

Na porta de entrada e saída do veículo, será disponibilizado um dispenser de álcool gel para que todos os passageiros façam o uso antes de entrar e após a saída.

A empresa de transporte informará as famílias os novos horários.

O assistente do condutor medirá a temperatura dos estudantes antes de entrarem no transporte escolar.

Caso a temperatura seja igual ou superior a 37,5°C, o estudante não poderá adentrar o veículo.